5 plataformas para publicar seu livro de graça [a 5°é imbatível] +Bônus: 3 dicas de ouro para o seu sucesso.

By | 09:01:00
Como ter sucesso com ebook

Terminei meu livro, e agora, como faço para publicar?

Tá ai uma pergunta que não martela apenas na sua cabeça, mas sim na cuca de todo autor iniciante. Continue lendo esse artigo para aprender como publicar seus livros em algumas das maiores redes de livrarias do mundo sem nenhum custo e mais três dicas de ouro para te deixar mais próximo do seu sucesso.

Já se foi o tempo em que a única forma de se ter um livro publicado era por intermédio de uma editora. A nova realidade é que as gráficas rápidas evoluíram consideravelmente e que novas tecnologias de impressão tornaram a produção de um livro muito mais acessível para o autor independente.

Mesmo assim, para muitos (pobres, lisos como eu), esse novo advento continua tendo obstáculos persistentes como o custo de produção, que não é baixo, além da parte da distribuição.

Mas, como a internet é malandrona e nela nada fica como está por muito tempo, surgiram plataformas como novas maneiras de publicar e compartilhar textos que tiraram o tal do livro digital das garras únicas do PDF (eca) e do web-anonimato, parindo o “milagroso” e-book nos moldes que conhecemos hoje, o epub.

Assim, a internet fez coçar a cabeça de muita editora grande por ai, pois conseguiu retirar das mãos cabeludas das mesmas o poder de publicar exclusivamente. O que por um lado pode ser desastroso, se o autor colocar o carro na frente dos bois (e for bem noob), mas estamos aqui para evitar isso. Por outro lado, dá total liberdade de produção e ganhos para quem de fato criou o livro.

Mas, por que escolher me auto publicar, ainda mais como e-book?
sucesso, auto publicação

Primeiro porque é de graça, jovem perguntador, e pode ter um retorno muito grande. Segundo porque o mercado de ebooks tem crescido muito e terceiro, se você fizer uma pesquisa rápida por grupos de literatura, no Facebook, por exemplo, verá que não são poucos os casos de autores que se destacaram na auto publicação online e foram chamados por editoras.

Ah, ainda não está convencido do poder da publicação digital? Vamos a uns dados para ajudar a descer redondo.

- Em 2015 o número de e-books vendidos subiu 4,2% em relação ao ano de 2014 (segundo pesquisa realizada pela FIPE)

- Em 2015 o faturamento com livros digitais subiu 21% em comparação com 2014 (segundo pesquisa realizada pela FIPE)

- Hoje, 80% do acesso à dados é mobile (IBGE), com mais de 100 milhões de smartphones ativos (ANATEL). É bom lembrar que ninguém precisa comprar um Kindle, Kobo ou qualquer e-reader para começar a comprar e ler livros digitais. Você pode fazer isso simplesmente baixando de graça um aplicativo dos diversos oferecidos que transformam seu tablet ou smartphone em um leitor de e-books.

- Se por um lado, existe uma queda na venda e faturamento de ebooks de grandes editoras, por outro a venda de e-books indie (independentes) vem crescendo vertiginosamente, afirma o site americano Author Earning report (Ebooknews).

Tá, você me convenceu. Mas como eu faço pra publicar meu livro digital? 

Aqui é que é o pulo do gato. Continue lendo e conheça a lista que preparamos com cinco plataformas para se auto publicar de graça e ter sucesso e mais três dicas de ouro de como usá-las.



1) Publique-se:

O resultado do esforço da Saraiva, gigante livreira, para tentar abocanhar um pedaço do crescente mercado de e-books. Na plataforma o autor pode transformar seus arquivos em livros no formato epub. Preenche um cadastrinho e, plim! Você tem seus livros digitais vendidos diretamente no site da Saraiva que poderão ser lidos no Lev, leitor de e-books da Saraiva ou em qualquer aparelho que rode epub. A plataforma oferece até 35% dos royalties das vendas além da possibilidade de monitoramento de vendas e ganhos.



2)Clube de autores:
Pioneira em auto publicação no Brasil, a plataforma oferece ao autor a opção de publicar em formato digital, impresso, ou em ambos. A qualidade dos livros impressos é sempre bem comentada, porém, o preço final para o comprador costuma ser um pouco salgado nesses casos. Você escolhe o quanto de direitos autorais quer ganhar por venda e a plataforma acrescenta esse valor ao custo da confecção do livro. O autor terá ainda a opção de ter sua obra digital comercializada direto nos sites de grandes grupos livreiros.

É noob que nem eu e quer aprender um pouco mais sobre os paranaês editoriais? O Clube Dos autores oferece minicursos grátis, além de serviços editoriais que o autor pode comprar, caso queira uma qualidade maior para seu livro.

 “O Clube de Autores me deu a liberdade perfeita pra publicar o que gosto de escrever. Se fosse numa editora padrão eu jamais poderia me expressar da mesma forma" – L.L Santos, Autor de Bulling e outros (conheça seus livros)



3)Writing Life:
Essa é a plataforma de auto publicação da empresa que criou um dos leitores de e-books mais vendidos do mundo, o Kobo. Aqui, como em todas as outras plataformas o autor tem liberdade para escolher capas, definir preços, países em que seu livro será vendido e em que moeda, antes de converter seus arquivos para epub e coloca-los a venda.

Essa opção é bem polêmica e divide opiniões. Já ouvi até gente como o autor Fabio M. Barreto tecendo criticas quanto a organização da plataforma aqui no Brasil, onde tem parceria com a Livraria Cultura, mas isso não impede o Kobo de sempre aparecer em posição de destaque quando se fala em auto publicação por essas bandas.



4)Bookess:
Uma plataforma Brasuka que permite o autor vender seus livros em formato digital, ou impresso. Além disso, ela é meio que uma “mistureba” de plataforma de auto publicação, biblioteca on line e mídia social que permite uma importante interação entre autores e leitores, além de oferecer bons serviços editoriais. O lucro fica em torno de 50% dos royalties de venda para os autores.

“Pode parecer apenas um portal de livros digitais, mas vai muito além disso. ” Pequenas empresas, grandes negócios.



5)KDP (Kindle Direct Publishing):

Simplesmente a plataforma da Amazon, a maior livraria virtual do mundo e criadora do Kindle, o leitor de E-books mais vendido do planeta. É de longe a que melhor paga aos autores, com lucros que vão de 30% a 70% dos royalties. Além de poder acompanhar, monitorar vendas e lucros, o livro colocado no KDP, depois de aprovada já está no site principal da Amazon em até 48 horas aparecendo ao lado de campeões de vendas.

O Kindle Direct Publishing oferece ainda programas de exclusividade, como o KDP select, que além de aumentar os ganhos, alavancam a visibilidade do seu livro no site de vendas da Amazon.

“Não tenho dúvidas em afirmar que a Amazon é um dos grandes motivos para o crescimento da literatura nacional. O apoio que a equipe da Amazon dá para nós, escritores, é impecável. Claro que não adianta vocês publicarem o livro lá e deixar que ele se venda sozinho. Isso não funcionaria.” Judie Castilho, autora de O Beijo da Morte – Sob a luz das galáxias (Conheça seus livros)


BÔNUS: 3 dicas de ouro para te deixar mais perto do seu sucesso.


O segredo do sucesso de pulicações na internet

1-Em e-book e impresso sem gastar um centavo.

Você sabia que você não precisa ficar preso a apenas uma dessas plataformas? Muitas delas não exigem exclusividade, deixando você com a liberdade de publicar em mais de uma e aumentar sua visibilidade, ou por exemplo colocar seu livro a venda em e-book e impresso sem gastar um centavo?

 Como? Simples: Você poderia por exemplo, colocar o seu arquivo à venda como e-book no KDP da Amazon, e o mesmo tempo colocar o impresso à venda no clube dos autores, então, o seu leitor pode escolher se quer comprar o e-book ou ter o livro impresso em mãos. Você só precisa lhe passar os links certos.

2-Promoções.

Faça uso de promoções para aumentar sua visibilidade ou conseguir novos leitores. No Kindle Direct Publishing da Amazon, por exemplo, existe o programa KDP select, em que o autor coloca seu livro em regime de exclusividade com a Amazon por um período de 90 dias, durante esse tempo você tem acesso a ferramentas que lhe permitem bolar promoções cronometradas, ou simplesmente deixar seu e-book de graça por um determinado espaço de tempo.

Se você souber divulgar bem isso em suas mídias sociais, por exemplo, pode gerar um grande número de comentários e avalições em seu livro, avaliações essas que são boas para ajudar a ranquear sua obra na plataforma da Amazon Não são poucos os relatos de autores sobre os bons resultados dessa estratégia.

3- Aproveite as possibilidades.

Não seja como um cavalo de carroça que só consegue olhar para frente. Olhe mais para os lados, perceba as possibilidades e não encare a publicação digital como a única forma de propagar seu trabalho e receber por isso. É importante perceber que essas novas tecnologias podem muito bem ser usadas como pontes para atingir algo maior, ou como engrenagens que fazem sua máquina de ganhos trabalhar para você.

Exemplo: caso consiga fechar com uma editora, tente acertar em contrato apenas os direitos do impresso, deixando a vendas do digital em suas mãos, assim você poderia bolar suas próprias estratégias para venda dos seus e-books, e deixar um bom preço final para o leitor ao mesmo tempo que a sua editora cuida das vendas dos seus impressos, mas claro que tudo isso tem de ser muito bem discutido com sua editora.

A dica está dada e está em suas mãos agora.

Esse artigo lhe ajudou em algo? Compartilhe-o e o ajude a chegar mais longe e ajudar mais autores.
E se gostou, não esqueça aquele comentário, ou assine nossa lista para receber nossos conteúdos em primeira mão por email.
Postagem mais recente Postagem mais antiga